Privalia traz expertise de compra digital para o mundo físico

 Durante quatro dias, Casa Privalia contará com peças exclusivas de marcas nacionais e internacionais

Quando o assunto é moda e lifestyle, a Privalia chega para trazer uma maior praticidade aos consumidores. Com 10 anos de atuação na área de e-commerce, a marca, agora pela primeira vez, traz toda a sua expertise digital para o mundo físico.

“São dez anos de muito aprendizado no e-commerce. Este é um segmento que cresce rápido e passa por muitas mudanças, pois a tecnologia evoluí depressa e precisamos nos adaptar para entender o consumidor. O público vem ganhando confiança e aprendendo a consumir pelo e-commerce. Com a Privalia o consumidor se sente confortável em comprar em termos de produto, serviço e preço. Agora, vamos expandir essa experiência”, comenta Fernando Boscolo, presidente da Privalia.

Durante quatro dias, a Casa Privalia – instalada na Avenida Europa (Casa Fares), em São Paulo – contará com peças exclusivas de marcas nacionais e internacionais com descontos que chegam a 90%. Serão mais de 90 mil itens à venda – feminino, masculino, infantil e acessórios.

“Essa ideia surgiu para nos aproximarmos dos consumidores. Essa é uma iniciativa pontual, mas entendemos que é muito importante por ser a primeira experiência física de Privalia. Trazemos aqui uma curadoria específica para o espaço, os itens encontrados por aqui não estarão disponíveis no online”, diz Luciana Iodice, diretora de marketing da Privalia.

Ainda segundo Luciana, o espaço ainda terá um espaço dedicado ao convívio social, com apresentações musicais e bate-papo com convidadas especiais. “Além do próprio outlet, trazemos outras experiências para os consumidores. Quando falamos em Privalia, pensamos em lifestyle de uma forma geral. Com isso, teremos painéis com bate-papos e apresentações musicais e culturais”, revela.

A expectativa é receber 6 mil pessoas em quatro dias do evento. A Privalia prevê faturar R$ 1,8 milhão com a pop-up store. A companhia fatura em torno de R$ 1 bilhão ao ano.

“Continuamos em um ritmo de crescimento muito bom, cerca de 17% por ano. A crise ajuda a nos tornar mais criativos. Nosso time conseguiu fazer ajustes para nos tornarmos ainda mais interessantes para os nossos parceiros e clientes. Acredito que com o aquecimento do mercado vamos crescer ainda mais”, finaliza Fernando.

Para entrar na Casa Privalia, é necessário a doação de uma peça de roupa, em perfeito estado, que será destinada para duas instituições: Associação Fala Mulher e Exército da Salvação.

Reprodução:PropMark

Compartilhe este artigo Privalia

Whatsapp

Privalia Instagram@privalia_br