Privalia cresce 17% e mantém otimismo

Fim de ano é época de fazer o balanço dos negócios e falar sobre as expectativas para o próximo ano

Boscolo e Luciana Iodice: “Seguimos estruturando fortemente a Privalia em termos de parcerias, processos, gestão e rotina”

Para a Privalia, que se posiciona como outlet online e completa dez anos no Brasil, 2019 foi considerado um ano muito bom, com crescimento declarado de 17%, faturamento em torno de R$ 1 bilhão e outras conquistas.

“Conseguimos reforçar o relacionamento com as marcas parceiras que já faziam parte do nosso portfólio, mas também trabalhamos para introduzir novas empresas importantes para a nossa oferta de vendas, como a Aramis e a Pandora. Ainda somos bem concentrados no segmento fashion e continuamos fortalecendo os segmentos de acessórios e beleza, com resultados muito positivos”, conta Fernando Boscolo, country manager da Privalia no Brasil.
Em linhas gerais, observa ele, a Privalia vem crescendo em um ritmo forte, com uma média de 17% nos últimos anos, percentual que será mantido em 2019. O executivo afirma que está bem otimista para 2020, que apresenta uma perspectiva macroeconômica positiva.

“Seguimos estruturando fortemente a Privalia em termos de parcerias, processos, gestão e rotina, por isso, o cenário é bem favorável para evoluirmos consideravelmente no próximo ano”. Um destaque em 2019 para a marca foi a Casa Privalia, uma loja física que funcionou por quatro dias na Avenida Europa, em São Paulo.

“O projeto foi criado como iniciativa para reforçar a proximidade da marca com os consumidores, para eles conhecerem nossas propostas de valor, diferenciais e benefícios, por meio de uma experiência omnichannel. Além disso, conseguimos atrair, também, um público novo para a marca, que ainda não era ativo via plataforma online, mas foi impactado pela experiência física”, reforça Boscolo.
Segundo a empresa, mais de 7 mil pessoas passaram pela Casa Privalia, cujo faturamento chegou a R$ 1,8 milhão. Para 2020 o objetivo é reeditar a ideia da experiência física, mantendo o formato de pop-up store, em São Paulo e outras capitais brasileiras. O executivo afirma que o balanço dos dez anos da marca está relacionado ao balanço do e-commerce no Brasil.

“O e-commerce no Brasil é muito recente, então, trabalhamos com processos de tentativas, ajustes e aprimoramentos. E foi isso que ocorreu com a Privalia. A companhia nasceu na Europa em 2006, em um período de explosão de diversas iniciativas de e-commerce, e chegou ao Brasil em 2008. Embora a marca tenha trazido uma bagagem, o desenvolvimento no Brasil foi feito passo a passo”.
Boscolo ressalta que o negócio de e-commerce precisa de uma estrutura operacional muito eficiente, em função do grande volume de movimentação de peças, pedidos e entregas.

“Se não tivermos isso muito bem estruturado, nós não conseguimos entregar uma boa experiência ao cliente, e um cliente sem boa experiência, não retorna. Hoje temos um nível de serviço que está coerente com a proposta completa de valores da Privalia, com NPS (score que mensura a satisfação do cliente) batendo a casa dos 70, melhor entre os 12 países que a Privalia atua”.
Neste ano, o country manager também decidiu reforçar a área de marketing da empresa com a contratação da executiva Luciana Iodice como diretora de marketing. “

Nosso maior investimento de comunicação é em digital. Nunca fizemos televisão, por exemplo. Mas pode ser que um dia a gente faça. A Lu veio ajudar a reforçar o nosso olhar para o marketing”.
Para o futuro, o executivo acredita que as empresas precisam estar muito mais atentas e capacitadas para criarem uma estrutura, equipes e processos que se adaptam rapidamente às mudanças. Entre os top 5 das maiores operações da Privalia no mundo, Boscolo afirma que a Privalia Brasil é rentável.

“Melhoramos ano após ano, mas por ser um país de custos bem altos, sempre precisamos ficar atentos a essa rentabilidade. Mesmo com o câmbio desfavorável em comparação aos países europeus, estamos em top 5 no grupo, e continuamos o nosso trabalho com consistência para seguir entregando valor”, finaliza ele.

Compartilhe este artigo Privalia

Whatsapp

Privalia Instagram@privalia_br